24 de Abril de 2014

Torta de Cenoura e Clementina


 Chegas como o sol
Que me quebra o silêncios das manhãs
Trazes nos lábios o gosto citrico, amargo e doce da laranja
Queimas-me os sentidos com um olhar
Porque é nos olhos que fica o paladar
-Lúcia Fernandes- trecho "Fatias de Vida"



Ingredientes
600g de Cenouras
1 Pau de canela
1 Pitada de sal
Sumo e raspa de 2 clementinas
300g de açúcar em pó
3 Ovos
5 Colheres de sopa de farinha de trigo
1 Colher de chá de fermento em pó
1 Colher de sopa de Vaqueiro Liquida

1 Tabuleiro rectangular
1 Folha de papel vegetal




Para o recheio
 250g de puré de batata doce
180g de açúcar
1 Limão pequeno
1 Colher de chá de canela em pó
1 Gema de ovo

Confecção do recheio
Coza a batata doce. Retire a pele e reduza a puré. Leve o açucar ao lume com 2 dl de água e deixe ferver cerca de 2 minutos. Junte o puré da batata, a canela e a raspa e casca do limão. Deixe ferver mexendo sempre até ver o fundo ao tacho. Retire do lume, junte a gema e leve novamente ao lume para cozer a gema. Guarde este preparado de um dia para o outro ou deixe arrefecer completamente antes de usar.

Preparação
Descascar e cozer as cenouras com pau de canela e a pitada de sal. Escorre e reduzir as cenouras a puré. Ligar o forno a 180º.
Juntar ao puré de cenoura a raspa e o sumo das clementinas e o açúcar e bater.
Adicionar os ovos um a um e bater entre cada adição. De seguida misturar a vaqueiro liquida.
Acrescenta-se a farinha e o fermento peneirados e envolve-se sem bater.
Unta-se o tabuleiro com margarina, forra-se com o papel vegetal e volta-se a untar com margarina.
Vai ao forno cerca de 30 minutos (no meu forno precisou de mais 10 minutos). A massa fica cozida e compacta.
Colocar sobre a mesa um pano ou uma folha de papel vegetal polvilhado com açúcar e sobre ele desenformar a torta logo que saia do forno. Rechear de imediato e com a ajuda do pano ou do papel vegetal enrolar apertanto com cuidado. Deixar estar até arrefecer e servir.

Nota: Pode optar por não rechear e fica deliciosa na mesma ou usar um curd de laranja também resulta muito bem.

Bom Apetite :)


23 de Abril de 2014

Bolo de Chocolate e Limão "Aniversário"

Foi um dia feliz este, em que a imaginação e inspiração não faltaram para fazer este bolo de Aniversário para a minha querida amiga e sócia Dulce Caldeira da Cozinha da Duxa. Foi do agrado de todos e o conjunto dos detalhes fizerem belíssimas fotos... Obrigada amiga por teres gostado!

Utilizei neste bolo os granulados da Vahiné para decoração de bolos e o novo cacau em pó da Royal e a Vaqueiro liquida, ótima para deixar os bolos fofos e muito fácil de incorporar na massa.



Ingredientes da massa
4 Ovos
240g de açúcar
1 saqueta de açúcar baunilhado
Raspa de 1 limão
200ml de natas
1 Colher de sopa de Vaqueiro liquida
200g de farinha de trig
40 g de farinha Maizena
1 Colher de chá de fermento em pó
1 Colher de sopa de cacau em pó Royal

Faça as caldas quando os bolos estiverem quase prontos a retirar do forno.
Calda para a massa branca: 150ml de água + 75g de açúcar + sumo de 1 limão - Leve ao lume a ferver durante 8 minutos e retire do lume

Calda para a massa de chocolate: 1 colher de sopa de cacau em pó + 10 colheres de sopa de leite - Misture com a vara de arames e leve ao lume durante 3 minutos.

Preparação
Batar bem os ovos com os açúcares até obter uma massa esbranquiçada e fofa (durante 15 minutos).
Juntar a raspa do limão e a Vaqueiro liquida e bater.
Bater as natas à parte até ficarem firmes e envolver no preparado anterior.
Numa taça misturar os secos (farinha, farinha maizena e o fermento).
Peneirar e envolver na massa, sem bater, com movimentos de cima para baixo.
Divida a massa em duas partes iguais e numa das partes misture o cacau em pó peneirado.
Coloque cada uma das massas numa forma com cerca de 18cm de diâmetro, untadas com margarina e polvilhadas de farinha, e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos. Verifique a cozedura com um palito.
Retire do forno e pique o cima do bolos com o palito (sem retirar das formas).
Regue cada um dos bolos com as caldas respectivas e deixe que arrefeçam nas formas antes de desenformar os bolos.

Ingredientes para o recheio
150g de açúcar
150ml de água
Raspa de 1 limão
8 gemas

Preparação do recheio
Leve o açúcar, a água e as raspas do limão ao lume e deixe ferver 8 minutos (sem nunca mexer). retire do lume.
Passe as gemas por uma peneira e deite a calda de açúcar em fio nas gemas mexendo sempre. Volte a colocar no tachinho da calda e leve ao lume brando mexendo sempre até engrossar. Deve arrefecer completamente.

 Para a cobertura - Creme de Chocolate e Avelãs (este creme fiz na Mycook)
180 gr açucar
260 gr de avelãs sem pele
140 gr de chocolate preto em barra
140 gr de margarina Vaqueiro liquida
200 gr de leite

Preparação da cobertura
Colocar o açucar no copo e pulverizar 10seg/vel.10. Adicionar a avelã e triturar 20 seg./vel.10. Juntar o chocolate e marcar 20 seg./vel.10. Adicionar os ingredientes restantes e programar 4 min/50º/vel.3.





Para fazer de forma tradicional, deve ter um robt de cozinha que lhe permite reduzir as avelãs a farinha. O açúcar deve usar em pó. Misturar tudo (o chocolate pode colocar em quadrados e vai derretendo conforme estiver no lume) e levar ao lume, mexendo sempre até engrossar.




No final misturar 5seg./vel.10. Deixe que arrefeça antes de barrar o bolo.

Para o topo do bolo derreti 200g de chocolate branco em banho maria, deixei arrefecer um pouco e fiz uma compota com 150g de framboesas e 2 colheres de sopa de açúcar (levei ao lume e deixei ferver alguns minutos até ficar uma compota (deve arrefecer completamente).

Para a montagem do bolo
1 - Desenformar os bolos e cortar cada um ao meio.
2 - Comecei com a base de chocolate e barrei com o doce de ovos, depois com uma das bases de bolo branco e barrei e assim consecutivamente até utilizar as 4 parted de bolo.
3 - Depois barrei todo o bolo o creme de avelã com a ajuda de uma espátula.
4 - Em seguida verti o chocolate branco no topo do bolo e com muito cuidado espalhei devagar para que ele caísse em gotas à volta do bolo.
5 - No topo ao centro ficou a compota de framboesas

O resto da decoração fica ao critário de cada um!

Bom Apetite


22 de Abril de 2014

Ofertas Vaqueiro - World Baking Day 18 de Maio

E está quase a chegar o próximo World Baking Day, mais precisamente no dia 18 de Maio!
Juntem-se a este movimento e não deixem de fazer um belo bolo para comemorarmos todos juntos.

A Vaqueiro teve a amabilidade e simpatia de me enviar este kit fantástico com produtos muito apelativos e perfeitamente ligados ao tema que se pretende.

As ofertas chegaram numa caixa bem original a imitar um fogão com um bolo no forno :) Está mesmo muito gira esta ideia e muito bem recheada :)

* Vaqueiro liquida
* Maizena
* Açúcar moreno Sores - Sidul
* Farinha Nacional
* Forma de silicone para muffins/queques da Pyrex
* Vara de arames azul

ou seja, estamos a postos para pensar num bolo delicioso! Muito Obrigada





21 de Abril de 2014

Cesta Folhada de Frango

Olá amigos!
Espero que tenham passado uma Páscoa feliz em redor da família e dos amigos. Por aqui assim aconteceu e como seria de prever com muito trabalho. Esta foi uma receita que fiz para um lanche descontraído e muito apreciado por cá. Experimentem e depois digam-me se gostaram.


Ingredientes
2 Placas de massa folhada (usei rectangulares, mas podem usar redondas)
500g de peito de frango
Sumo de 1/2 limão
1 Fio de azeite
1 Colher de sopa de margarina

Temperos Margão que utilizei para dar mais sabor ao nosso frango
Caril de Madras
Pimenta preta em grão
Sal
Alecrim
Manjericão
Coentros
Alho em pó
Papikra
Piri-piri

1 Gema de ovos para pincelar a massa
Queijo parmesão ralado q.b.
Orégãos

Preparação
Cortar os peitos de frango em tirinhas bem finas e pequenas.
Colocar numa taça e temperar a gosto com as especiarias indicadas.
Juntar o sumo do limão e o azeite. Misturar e deixar marinar 20 minutos.
Numa wook ou frigideira derreter a margarina e juntar o frango com a marinada. Mexer de vez em quando até que o frango esteja cozinhado.
Ligar o forno a 180º
Forrar um tabuleiro com papel vegetal.
Colocar uma das bases da massa no tabuleiro, picar o fundo com um garfo e dobrar as pontas para dentro.
Dispor o frango já cozinhado em cima da massa. Polvilhar com queijo parmesão ralado.
A outra base de massa corte em tiras e faça como vê na foto para ficar como uma cesta.
Pincelar a massa com a gema de ovo e voltar a polvilhar com queijo parmesão ralado e orégãos.
Leve ao forno durante 35 minutos ou até a massa estar bem douradinha.
Come-se morno ou frio.

Bom Apetite :)


17 de Abril de 2014

Arrufada com Recheio de Doce de Ovos e Amêndoas

Já tinha utilizado esta belíssima forma d' A Metalúrgica para fazer um bolo de Natal, mas ainda não se tinha proporcionado usá-la para o seu principal objectivo. Fazer uma arrufada :)

Recebi uma gentil oferta dos Supermercados Minipreço - com produtos DIA, recheado a pensar na Páscoa e a verdade é que não resisti em pegar nestes ingredientes e preparar esta receita que há muito estava para ser feita.
Obrigada pelas ofertas :) Gostei muito e espero que apreciem também a sugestão que preparei com os vossos produtos.

Esta também é a receita com a qual vos deixo o meu desejo de uma Santa Páscoa para todos. Obrigada por estarem aí!



Ingredientes para a massa
200ml de leite morno
25g de Fermento de padeiro
400g de farinha de trigo + farinha para trabalhar a massa no final
50g de açúcar
1 Pitada de sal
50g de manteiga
Raspa de 1 Limão
1 Ovo
1 Gema para pincelar
Amêndoa laminada q.b.

Ingredientes para o doce de ovos
150g de açúcar
75g de água
8 Gemas

Preparação do doce de ovos
Leve a água e o açúcar ao lume e sem mexer deixe ferver 8 minutos. Reserve e deixe arrefecer 5 minutos. Passe as gemas por uma peneira ou passador. Junte a calda de açúcar em fio nas gemas sem nunca parar de mexer. Leve ao lume brando mexendo sempre até espessar. Retire e deixe arrefecer completamente.

Preparação
Misturar o leite morno com o fermento e 100g de farinha. Amassar até obter uma bola de massa. Coloque numa taça e tape com película aderente. Deixe levedar até a bola de massa dobrar o volume. Acrescente os restantes ingredientes. Amasse muito bem até obter uma massa lisa e homogénea. Cobrir a massa e deixe levedar até esta aumentar de volume, durante cerca de 1 hora. De seguida
coloque a massa sobre uma superfície polvilhada de farinha e faça um rolo. Corte o rolo ao meio na vertical. Abra cada pedaço de massa com o rolo para obter um rectângulo, recheie com o doce de ovos e polvilhe com as amêndoas. Enrole cada um como se fosse uma torta e entrance as duas massas. Una a massa nas pontas e coloque num tabuleiro com papel vegetal. Pincele com a gema de ovo, polvilhe com açúcar e deixe levedar mais 30 minutos. Quando terminar o tempo leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 30 a 35 minutos.
 
Eu neste caso como usei forma, untei a forma com manteiga e polvilhei com açúcar, coloquei a massa e por cima pincelei com a gema do ovo e polvilhei com açúcar.
Também pode fazer bolinhas individuais. Faça como preferir.
 

 
Assim que retirar do forno pincele com mel ou geleia para que fique brilhante.
 
Feliz Páscoa!
 

16 de Abril de 2014

Mini Folares... Improváveis

Se há coisa que me entra nos nervos é começar a fazer uma receita e não ter algum ingrediente que estava certa ter! Pois é... a farinha era pouca e mais uma vez teve lugar o improviso.

Aproveitei a ocasião para usar o açúcar em pó baunilhado da Royal e posso dizer que gostei muito! deixa um aroma muito agradável e por ser em pó dissolve-se melhor na massa.


* Prato Memória Lusa

Ingredientes
200g de Leite morno
3 Ovos
125g de Margarina amolecida
300g de açúcar amarelo (usei mascavado)
1 Colher de sopa de açúcar em pó baunilhado Royal
2 Colher de chá de canela
2 Colheres de sopa de erva doce
1 Pitada de sal
1 Colher de sopa de Maple Syrup
400g de farinha (usei normal)
100g de farinha de arroz (este foi o improviso)
1 Saqueta de levedura seca

Geleia de marmelo para pincelar

Preparação
Misturar numa taça grande todos os secos (as farinhas, os açúcar, a canela, a erva doce e o sal).
Juntar a margarina amolecida em cubos e os ovos ligeiramente batidos.
Ir amassando e deitar o leite morno em fio de vagar enquanto se amassa.
Trabalhar a massa até que todos os ingredientes estejam bem ligados.
Tapar e deixar descansar uma hora. Ligue o forno a 180º
Pode colocar numa forma grande forrada com papel vegetal ou usar forminhas pequenas como eu fiz.
Ficam muito amorosos.
Leve ao forno durante cerca de 45 a 50 minutos. Verifique a cozedura com um palito, uma vez que os fornos têm comportamentos diferentes á mesma temperatura.
Assim que os retirar do forno, ainda quentes, pincele-os com a geleia e decore com amêndoas.

Bom Apetite :)



14 de Abril de 2014

Espetadas de Frango e Temperos Especiais



Já tinha este produto da Oil&Vinegar e nunca tinha experimentado. É mesmo uma delícia!
Usei para condimentar as massas cozidas. A quem não sobra pequenas quantidades de massa nos pacotes? A mim ás vezes acontece, por isso desta vez misturei fusilli e conchas :)

Ingredientes
4 Espetadas de frango que pedi para fazerem no talho
Sal e pimenta q.b.
250g de massa a gosto

Para o tempero:
100ml de azeite
1 colher de sopa de molho de soja
1 Fio de mel
1 colher de chá de sementes de mostarda
1 Colher de chá de tomilho seco Margão
1 Colher de chá de alecrim seco Margão
Sumo de 1/2 Limão


Preparação
Tempere as espetadas com sal e pimenta.
Depois junte todos os ingredientes para o molho e misture.
Pincele as espetadas de ambos os lados com o tempero e reserve o restante molho para ir pincelando enquanto vai grelhando as espetadas. Grelhe em lume não muito lato para que tenham tempo de cozinhar no interior e vá virando as espetadas para que grelhem uniformemente.

Para a massa: coza conforme as instruções da embalagem e escorra.
Coloque três colheres de sopa do preparado Bruschetta con Formaggio numa taça e 6 colheres de sopa de água. Deixe repousar 5 minutos para que fique bem hidratado.
No tacho onde cozeu a massa ou numa wook verta um fiozinho de azeite e aqueça, junte o preparado anterior e deixe cozinhar cerca de 3 minutos. Misture a massa e envolva.
Delicie-se!

Bom Apetite :)



11 de Abril de 2014

"Olha estas, com a mania que são Crinckles" - Vamos Fazer Bolachas

Há alguns dias recebi o convite para participar no grupo Vamos Fazer Bolachas. Uma ideia engraçada e lá fiquei. Não sei se vou conseguir participar assiduamente mas aqui estou para a 2ª Temporada deste desafio.

Bem não sei se podemos chamar-lhes crinckles, porque a imagem final não foi a que idealizei para esta receita. As bolachas espalharam-se um pouco e ficaram mais bolachas que outra coisa. Mas mesmo assim e depois de pensar muito, decidi publicar na mesma.

Estou farta de dar voltas à cabeça porquê! Bem, pode precisar de mais farinha, posso ter que pulverizar o coco para evitar que crie ar na massa ou talvez por ter colocado umas gotas de corante vermelho que lhes deu este tom enternecedor de salmão claro. A massa ficou com uma consistência bem forte e óptima para fazer as bolinhas, mas a verdade é que no fim espalharam-se.

A verdade é que alguém, e não vou mencionar nomes, as comeu todas e pediu-me para fazer mais iguais :)
Isto pelo menos significa que estavam deliciosas e estavam mesmo porque provei duas.

Ora então vamos lá à receita, onde coloco exactamente as quantidades que usei com apontamentos das diferenças quando as fizer de novo. Ah sim... porque vou fazê-las de novo :)



Ingredientes
2 Ovos (penso que os meus eram tamanho L e para a próximo vou usar pequenos)
100g de açúcar
200g de chocolate branco
6 gotas de corante vermelho
250g de farinha (na próximo vou colocar 300g)
50g de coco (vou pulverizar para o tornar mais fino)
1 Pitada de sal
1 Colher de chá de fermento em pó
Açúcar em pó q.b. (1 chávena de chá deverá ser suficiente)

Preparação
Bater os ovos com o açúcar até obtermos uma massa volumosa, fofa e esbranquiçada.
Juntar o chocolate derretido em banho maria ou no microondas (neste caso aqueça de 40 em 40 segundos e vá mexendo). Misturar bem o chocolate derretido nos ovos batidos com o açúcar e de seguida adicionar o corante.
Misturar todos os secos numa taça: a farinha, o coco, o sal e o fermento.
Juntar os secos aos poucos ao preparado anterior e bater bem para que fique tudo muito bem misturado.
Levar ao frio de um dia para o outro (o meu esteve no frio cerca de 24 horas, já que fiz a massa à noite e só a usei no dia a seguir à noite).
Ligar o forno a 180º
Fazer bolinhas pequenas (do tamanho de uma bola de ping-pong) de massa e passe abundantemente pelo açúcar em pó. Coloque-as espaçadas entre si num tabuleiro forrado a papel vegetal e leve ao forno 15 minutos. Retire (mesmo que estejam moles (é normal) e coloquem cima de uma grelha para que arrefeçam.

Bom apetite :)


9 de Abril de 2014

Queques Morenos de Laranja... "and a very British Decoration"

Todos vivemos dias  mais difíceis e este era um dia desses. Quando me sinto assim só há uma coisa que me relaxa e transporta para outro mundo... fazer receitas! Esta foi uma das que fiz. Muito simples mas perfeitos e alegremente decorados com estas formas de papel perfeitas que dois dos meus colegas de trabalho me trouxeram de Londres :) Obrigada José e Rafael :) Gostei mesmo muito e aqui está a prova disso.




Ingredientes
Raspa de 1 laranja
200g de manteiga sem sal (usei margarina) amolecida
1 Colher de café de essência de baunilha
200g de Açúcar amarelo
3 Ovos
200g de farinha + 1 pitada de sal + 1 colher de chá de bicarbonato de sódio + 1 colher de chá de fermento em pó

Preparação
Ligue o forno a 180º
Bata bem a manteiga com a raspa da laranja.
Junte o açúcar aos poucos e vá batendo sempre para que a manteiga e o açúcar se incorporem bem.
Adicione os ovos um a um e bata bem entre cada adição (junte só o ovo seguinte quando o anterior estiver bem misturado na massa.
Acrescente a farinha peneirada, juntamente com o sal, o bicarbonato e o fermento.
Envolva bem sem bater demasiado.
Coloque em formas individuais untadas e polvilhadas de farinha e leve ao forno cerca de 25 minutos.
Verifique se estão cozidos com um palito.


Bom apetite :)

7 de Abril de 2014

Tarte Tatin Fácil... com a maçã a acompanhar!

Há tanto tempo que tenho esta receita no coração para fazer!
Tenho visto diversas receitas e apresentações e todas elas de babar, acreditem. Mas eu tinha na ideia trazer esta maravilha da doçaria Francesa (sendo uma tarte de frutas invertida) num formato diferente e eis que encontrei algo que me encheu as medidas. A fruta escolhida foi a maçã, mas podem dar asas à imaginação e usar outras frutas (pêssego, banana, pêra, ananás).
Espero que gostem e que reproduzam. Não se arrependerão!



Ingredientes
150g de manteiga
200g de açúcar amarelo
2 Maçãs verdes
300g de massa folhada (comprei a massa do Lidl porque para mim é a melhor no mercado)

Preparação
Descasque as maçãs. Corte-as ao meio e retire o caroço.
Ligue o forno a 200º
Leve a manteiga num tacho ao lume a derreter em lume brando (o tacho deve ter o diâmetro suficiente para que caibam as quatro metades das maçãs).
Quando o açúcar começar a ferver coloque as metades das maçãs com a base plana virada para baixo (a calda deve tapar 3/4 da maçã). Deixe cozinhar 5 minutos.
Vire as maçãse deixe cozinhar 3 minutos.
Volte a virá-las, aumente um pouco o calor e deixe ferver mais 2 minutos.
Forre um tabuleiro com papel vegetal. Verta parte do caramelo no papel, como se fosse para o untar.
Coloque as maçãs com a base plana para baixo por cima do caramelo vertido no papel vegetal.
Corte a massa em quatro partes e cada metade novamente em dois. Disponha as partes de massa duas a duas desencontradas uma em cima da outra e ponha sobre cada metade das maçãs.
Com as mãos aconchegue a massa às maçãs de forma a ficar com o formato de cesto invertido.~
Pique a massa com um palito.
Leve ao forno 20 minutos.
Retire, vire de imediato as tartes para cima dum prato grande e retire o papel vegetal (caso deixe arrefecer não vai conseguir, porque o caramelo endurece em contacto com o ar).
Salpique as tartes com fios do restante caramelo que sobrou.
Esta sobremesa é perfeita para servir com uma bola de gelado.

Bom apetite :)

6 de Abril de 2014

Pretzels Salgados... muito contentamento e a alma cheia! Obrigada por acreditarem!

Esta receita foi feita hoje de manhã. Adormeci com ela e acordei com ela :) Mas também acordei e vi a página de Facebook - https://www.facebook.com/OBarriguinhas *  nos 50.000 no dia de hoje. Por isto e por tudo o que tenho vivido ao longo destes três anos e meio por causa do meu Barriguinhas, quero dar-vos esta prenda e partilhar esta receita em forma de celebração por um momento tão especial para mim! E todos os meus companheiros e companheiras que comigo partilham esta paixão sabem bem o que quero dizer com estas palavras. É muita entrega, muita paixão, muita dedicação, muitos sorrisos e também algumas lágrimas... confesso! mas hoje é dia de festa e só haverá lugar para a Alegria!!! OBRIGADA

Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar com o que eu sou:
Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Fernando Pessoa

Tenho alguns amigos de origem Alemã e gosto muito das receitas típicas deste país, tendo já tido oportunidade de provar algumas, incluindo a doçaria :)
Esta é uma receita que há muito trago na mente, mas foi hoje o dia!
Também de podem polvilhar com sal grosso se preferir. Eu dei, neste caso, a primazia às sementes de sésamo e de girassol.



Ingredientes
400ml de leite
40g de Fermento de padeiro fresco
600g de farinha
2 Colheres de chá de sal fino
1 Colher de chá de açúcar
600g de água
2 Colheres de sopa de bicarbonato
Sementes de sésamo e sementes de girassol

Preparação tradicional
Amorne o leite e desfaça nele o fermento.
Coloque a farinha com o sal num alguidar, faça uma cova ao meio e vá deitando o leite e amassando.
Amasse bem até que a massa esteja uniforme e comece a despegar-se das mãos.
Deixe levedar em local abrigado e tapado durante cerca de 30 minutos ou até dobrar o volume.
Aqueça o forno a 200º
Divida a massa em 10 bolinhas. De cada bolinha faça rolos com cerca de 60cm.
Pegue nas pontas da massa e traga-as ao centro do rolo cruzando-as.
Leve a água e o bicarbonato ao lume a ferver.
Depois vá colocando os pretzels, um a um nesta água para que cozam durante 1 minutos. Retire-os com uma escumadeira e coloque num tabuleiro forrado a papel vegetal.
Leve ao forno durante 15 minutos.
É natural que tenha que fazer 2 tabuleiros :)
São deliciosos quentinhos com manteiga ou com compota ou doce.
Mas pode recheá-los como mais gostar.

Preparação na Mycook
Coloque o leite e o fermento no jarro e programe 2 minutos - 40º - Velocidade 3
Junte a farinha, o sal e o açúcar e programe 2 minutos e 30 segundos AMASSAR
Deixe levedar em local abrigado e tapado durante cerca de 30 minutos ou até dobrar o volume.
Aqueça o forno a 200º
Divida a massa em 10 bolinhas. De cada bolinha faça rolos com cerca de 60cm.
Pegue nas pontas da massa e traga-as ao centro do rolo cruzando-as.
Leve a água e o bicarbonato ao lume a ferver.
Depois vá colocando os pretzels, um a um nesta água para que cozam durante 1 minuto. Retire-os com uma escumadeira e coloque num tabuleiro forrado a papel vegetal.
Leve ao forno durante 15 minutos.
É natural que tenha que fazer 2 tabuleiros :)
São deliciosos quentinhos com manteiga ou com compota ou doce.
Mas pode recheá-los como mais gostar.

Bom Apetite :)

4 de Abril de 2014

Creme de Cuajada e Morangos

Aqui fica mais uma sugestão para fazer com cuajada. Espero que gostem. Ideal para o tempo mais quente que se aproxima


Ingredientes
150g de açúcar em pó
500g de morangos
600ml de leite
200ml de natas
4 Saquetas de cuajada

Preparação
Triturar os morangos com o açúcar
Dissolver a cuajada num pouco do leite e adicionar aos morangos.
Juntar o resto do leite e as natas, leve ao lume mexendo sempre até que comece a espessar.
Divida por taças e leve ao frio até servir decorado com morangos frescos.

Preparação na Mycook
Neste caso use açúcar normal, coloque no jarro e pulverize 20 segundos - velocidade 10
Junte os morangos e triturar 10 segundos, velocidade 10
Adicionar o leite, as natas e a cuajada. Programar 9 minutos - 90º - velocidade 4

Bom apetite :)

3 de Abril de 2014

Copinhos de Cuajada com Bolacha e Chocolate

A cuajada da Royla consegue solidificar pudins sem ir ao forno com muita rapidez. Tem que ter leite ou natas porque só coalha na presente de um produto lácteo. A solidificação dá-se a partir do momento em que a preparação começa a ferver. E isto leva no máximo 10 minutos. Já encontra este produto em supermercados e hipermercados e também é deliciosa feita de forma simples, conforme as instruções da embalagem e polvilhada com canela.



Ingredientes
14 Bolachas torradas
120g de Açúcar
1,2 L leite meio gordo
1 Saqueta de pudim de chocolate
2 Saquetas de Cuajada

Preparação
Triturar as bolachas com o açúcar.
Dissolver o pudim de chocolate e a cuajada num pouco do leite.
Junte ao resto do leite num tacho e adicione a bolacha e o açúcar triturados.
Leve ao lume, sem deixar ferver, mexendo sempre até que o preparado engrosse.
Divida em tacinhas e deixe arrefecer.

Preparação na Mycook
Colocar as bolachas e o açúcar. Triturar 20 segundos - velocidade 10
Juntar o leite, o pudim e a cuajada. Programar 6 minuto a 90º - velocidade 4

Ideal para as festas das crianças.

Bom apetite :)

1 de Abril de 2014

Laurinhas Doces de Noz - Dia Um Na Cozinha "Doçaria Regional - 11ª Edição"

A 11ª Edição do Grupo do Dia Um na Cozinha desafia-nos com "Doçaria Regional".
Adoro todos os temas, mas este toca-me de uma forma especial.
Já várias vezes escrevi que adoro a nossa doçaria e neste caso o difícil mesmo foi fazer uma escolha.
Preocupei-me essencialmente em fazer algo diferente e espero que gostem da minha sugestão que aqui vos deixo com muito carinho.

Carinho, amor e paciência é o que requer fazer qualquer receita, mas em especial quando nos entregamos a um doce conventual.

Esta receita é tipica de Santiago do Cacém, no Alentejo e foi dela que decidi fazer-me acompanhar para este dia. As Laurinhas Doces são originalmente feitas com amêndoa, mas eu usei noz e garanto que o resultado é igualmente deslumbrante!






Ingredientes
8 Ovos
250g de açúcar
125g de água
140g de miolo de noz moída (pode usar amêndoa)

Para a calda: 150g de açúcar + 75g de água

1 Folha de Obreira (comprei por encomenda na Casa Januário no Porto). Fiz o pedido, paguei e foi muito rápido na chegada da encomenda, com tudo muito bem embalado)

Preparação
Num passador coloque 2 ovos inteiros e as restantes gemas. Com o passador apoiado num recipiente vá mexendo com uma colher para que os ovos passem pelo passador até só sobrar as membranas das gemas. Reserve.
Leve as 250g de açúcar e os 125g de água ao lume até obter um ponto de fio forte (cerca de 10 minutos a ferver). Retira-se do lume e repousa 3 minutos.
Verta em fio esta calda para dentro das gemas, nunca parando de mexer. Volte a colocar no tacho, misture o miolo de noz triturado, mexa e leve novamente ao lume, mexendo sempre até que o preparado engrosse e faça um ponto de estrada (quando passar a colher no fundo no tacho consegue vê-lo porque a massa de afasta devido a espessura que atingiu). Reserve para que arrefece um pouco.

Corte a folha obreira a rectângulos de 15 por 10 (sensivelmente).
Humedeça uma mão com água fria e passe na folha só para que humedeça. (o excesso de água vai destruir a folha. Mas não se preocupe, se falhar à primeira, depressa vai perceber o que fazer a seguir).
Na parte mais estreita da folha obreira coloque 1 colher de chá cheia do preparado dos ovos com as nozes e enrole com calma, sem pressas. Coloque por cima de uma rede. Faça isto até terminar os rectângulos que cortou.

Para a calda: leve o açúcar e a água ao lume até obter um ponto de açúcar amarelo claro. Retire do lume e passe nesta calda as Laurinhas Doces. Coloque por cima na grelha para que sequem.

Depois não é segredo :) É provar!






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover