quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Bolo Japonês de Morangos e Cheesecream

Foi um destes dias que me deparei com este bolo que vi no blogue Coco e baunilha

A receita original pode consultar aqui

Tinha um bolo de aniversário para fazer e esta foi a inspiração perfeita. O resultado é um bolo, leve, fresco e delicioso! Todos adoraram.

Notas: Os ovos devem estar sempre à temperatura ambiente, seja qual for o bolo que faça.
Esta receita tem os ingredientes em dobro e dá entre 12 a 15 pessoas.

Ingredientes para a massa
8 gemas
40 g de açúcar
80 ml de leite
80 g de óleo
1 colher de chá de essência de baunilha
Meia colher de chá de corante vermelho (eu usei um rosa que tinha e coloquei uma colher de chá)
60g de farinha
60g de Maizena

8 claras
Uma pitada de sal
Meia colher de chá de cremor tártaro
120g de açúcar

Ingredientes para o recheio e cobertura
400 ml de natas (devem estar frias e ter 35% de gordura - usei da Longa Vida)
200g de mascarpone (na receita original é opcional e usa-se só 100g para que as natas fiquem um pouco mais firmes). Caso só queira usar natas e depois de estarem batidas, coloque algumas gotas de limão e volte a bater. É uma forma de as natas ficarem mais firmes e por mais tempo.
200g de açúcar em pó
1 colher de café de essência de baunilha (na receita original tem 1 colher de chá)
250 g de morangos, laminados + alguns morangos para decorar ou outros frutos vermelhos



Preparação da massa do bolo
Pré-aquecer o forno a 170ºC.
Forrar um tabuleiro com papel vegetal. (como dobrei a receita usei um rectângular)
Numa taça bater as gemas com 40g de açúcar ligeiramente com a vara de arames.
Adicionar o corante e misturar bem. Em seguida acrescenta-se o leite, o óleo e a baunilha e mexer bem.
Peneirar a farinha juntamente com a maizena e envolver até a mistura estar homogenea. Nesta altura e se for necessário pode juntar mais corante. (A mistura deverá ter uma cor forte porque ao adicionar as claras em castelo irá ficar um tom mais suave).
Entretanto numa taça bem limpa, bater as claras com uma pitada de sal. Assim que começar a formar bolhas juntar o cremor tártaro e continuar a bater. Depois vamos adicionando as 120g de açúcar gradualmente e continuamos a bater até obter um merengue brilhante e firme.
Envolver as claras delicadamente com uma espátula no preparado anterior, até estar muito bem misturado.
Levar ao forno a 160ºC cerca de 30 minutos. Retirar do forno e deixar arrefecer em cima de uma grade.

Preparação do recheio e cobertura
Enquanto o bolo arrefece, laminar os morangos e reservar.
Bater o mascarpone até ficar macio. Juntar as natas bem frias e bater até ficar bem firme. Adicionar a baunilha e o açúcar em pó e bater novamente até ficar firme e fofo.


Montagem
Quando o bolo estiver frio, recortar e acertar as margens com uma faca, caso necessário. Cortar o bolo ao meio no sentido do comprimento (como usei uma forma rectângular cortei o bolo ao meio e sobrepus as duas metades, obtendo um, bolo quadrado). Colocar uma metade numa base para bolos e espalhar uma camada de creme. Distribuir lâminas de morango em toda a superfície e cobri-los com outra camada de creme, alisando a superfície. Colocar por cima a outra metade do bolo e endireitar. Barrar todo o bolo com uma camada fina de creme e levar 30 minutos ao frigorífico de forma a solidificar (não fiz este processo. coloquei o creme de uma só vez). Passado esse tempo, barrar o bolo com o creme restante, alisando com uma espátula. Decorar a gosto com frutos vermelhos. Reservar no frigorífico. Na hora de servir cortar o bolo ao meio no sentido do comprimento e cortar cada metade obtida de forma a obter quadradados de bolo.

Aqui têm o video da receita aqui.


terça-feira, 9 de agosto de 2016

Bolo de ananás. Um clássico!

Esta é a única foto que tenho do bolo.
Não é das mais bonitas, mas mais uma vez a receita vale a pena fazer vezes sem conta.
É um bolo intemporal que muito apreciam.


Ingredientes
200g de manteiga à temperatura ambiente
300g de açúcar
6 ovos
300g de farinha peneirada com 1 colher de sobremesa de fermento em pó misturada
1 Lata de ananás em calda

Para o caramelo
250g de açúcar
125g de água
Casca de limão

Preparação
Primeiro fazemos o caramelo. Forrar o fundo de uma forma redonda (usei uma com fundo amovível) com papel vegetal.
Levar os ingredientes para o caramelo ao lume e deixe ferver sem mexer, até que o açúcar comece a espessar e a ganhar o tom dourado do caramelo.
Verta o caramelo sobre o fundo da forma.
Por cima coloque rodelas de ananás. Pode por interiras ou cortadas, fica ao critério de cada um.

Bater a manteiga até ficar em creme. A cor da manteiga começa a ficar esbranquiçada.
Depois vai-se juntando o açúcar sem parar e bater.
Deve-se bater até que o açúcar e a manteiga estejam bem incorporados e a mistura esteja fofa e volumosa (este processo pode demorar 10 a 15 minutos).
Adicionar os ovos um a um e bata muito bem entre cada ovo que adiciona.
Junta 3 colheres de sopa da calda do ananás e mexe.

Agora peneira a farinha juntamente com o fermento para dentro da massa e envolva com uma espátula, sem bater. Envolva de cima para baixo até que a farinha esteja completamente incorporada e massa fofa e volumosa.

Verta a massa para dentro da forma por cima das rodelas de ananás. Leve ao forno durante 50 minutos aprosimadamente ou até o bolo estar cozido. faça um teste com um palito ou com um fósforo.

Retire o bolo do forno e com um palito fure a superfície do bolo em toda a superficie.
Verta a restante calda da lata por cima do bolo e deixe que a massa absorva o liquido.
Desenforme e retire o papel vegetal do topo.

Espere arrefecer para servir. Guarde no frio.
É um bolo que sabe bem se tiver fresco, agora no Verão.

Mãos à obra!

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Arroz de Peixe

Quando faço caldos de marisco em casa, faço sempre a mais para outras ocasiões e fica muito bem num belo arroz de peixe. Confere-lhe um sabor muito especial  fica delicioso!

Para o caldo uso:
Cabeças de camarão/espinhas e cabeça de peixe
1 cebola com casca cortada em pedaços
2 dentes de alho com casca cortados os meio
1 cenoura com casca cortada às rodelas
1 alho francês cortado em rodelas
1 ramo de salsa
1 Folha de louro
70 ml de azeite
Sal e pimenta preta moída na hora q.b.
100 ml de vinho branco
2 colheres de sopa de farinha
600ml de água

Num tacho coloca o azeite a aquecer.
Junta as cabeças de camarão e espinhas, juntamente com todos os legumes lavados e cortados (o ramo de salsa coloca inteiro).
Deixe refogar bem em lume forte (o fundo queima um pouco e isso é mesmo assim)
Vá mexendo com uma colher de pau, para que o refogado fique bem puxado.
Tempere com sal e pimenta e mexa.
Junte a farinha e mexa bem. Insira agora o vinho branco e deixe cozinhar 3 minutos.
Junte a água, reduza para lume médio e deixe cozer bem durante 1 hora (vá mexendo para não pegar).
No fim coe o caldo e pressione bem os legumes para saírem o máximo dos sucos. Deixe arrefecer para congelar ou use de imediato.

O arroz de peixe
Cozi 3 postas de pescada e alguns camarões que tinham sobrado de outra altura, com sal qb. e uns raminhos de salsa. Esta cozedura é rápida (5 minutos chega).Coei o caldo e reservei. Retirei as peles e espinhas ao peixe e a casca dos camarões.

Fiz um refogado com 1 cebola picada, 50ml de azeite, 2 alhos picados, 1 folha de louro, 1/2 pimento vermelho em pedacinhos e 1/2 pimento verde. Envolvi no refogado 1 colher rasa de sobremesa de farinha,

Depois juntei uma porção do caldo de marisco que fiz (uma chávena de chá) e a água da cozedura do peixe. Deixei ferver. Provar para rectificar temperos. Pode e deve por um pouco de piri-piri (neste caso usei tabasco).

Agora foi a vez do arroz (a quantidade de arroz, neste caso, é de uma parte de arroz para 3 de água). Assim o arroz fica malandrinho. Deixe cozer o arroz e delisgue o lume. Polvilhe com bastantes coentros picados e sirva de imediato.

Tão bom!






sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Cogumelos salteados com queijo



Para além de ser muito fácil e rápida de fazer, esta é uma sugestão deliciosa.
Ideal para a marmita durante a semana.

Ingredientes
300g de cogumelos Portobello (mas pode usar outros a gosto)
1 Fio de azeite
Sal, pimenta (moída na hora) e orégãos q.b.
Sumo de limão (1 colher de sopa aproximadamente)
150g de queijo ralado (usei uma mistura de 3 queijos, mas pode usar outra a seu gosto)

Preparação
Lave os cogumelos. Limpe-os e seque-os bem com papel de cozinha.
Corte-os em laminas.
Leve o azeite a aquecer numa frigideira.
Quando estiver quente insira os cogumelos cortados.
Tempere com sal, pimenta e orégãos e deixe saltear alguns minutos (sempre em lume forte).
Adicione o sumo do limão e deixe cozinhar mais 1 minuto.
Retire do lume e polvilhe com o queijo.

Espero que gostem! São mesmo muito bons!


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Mini-Croissants com alheira e tâmaras



Este é o tipo de entrada ou petisco sempre bem vindo à mesa de qualquer festa. São sempre muito apreciados e as versões para recheio só têm o limite da nossa imaginação.
São simples e práticos.

Ingredientes
1 placa de massa folhada redonda (dá para 16 miniaturas)
1 Alheira (vai sobrar. pode congelar para usar mais tarde ou pode fazer mais)
Tâmaras sem caroço q.b.
1 gema de ovo
Sementes de sésamo q.b.

Preparação
Corte a massa em 16 triângulos.
Retire a pele da alheira.
Corte cada tâmara ao meio.
Ligue o forno a 200º
No topo mais largo do triângulo coloque um pouco de alheira e metade de uma tâmara. Enrole da base mais larga até ao pico do triângulo de massa. Coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Pincele com a gema de ovo e polvilhe com as sementes de sésamo.
Leve ao forno até ficarem douradinhos.

Aqui ficam umas imagens de uns que fiz em tempos, com salsicha e mostarda picante, para verem o corte da massa.




terça-feira, 2 de agosto de 2016

Camarões grelhados como molho de alho e coentros

Esta não será a melhor foto, mas a sugestão vale a pena e por isso aqui vos deixo como fix estes deliciosos camarões grelhados na brasa e que serviram de entrada a uma almoço de sábado.


Ingredientes
1 Kg de camarão grande
Sal q.b.

Para o molho
2 colheres de sopa de becel cozinha
50ml de azeite
5 alhos
5 Colheres de sopa de coentros picados
Sal e pimenta q.b.
Piri-piri q.b.
Sumo de 1 limão

3 Colheres de sopa de maionese + 1 colher de sopa de sumo de limão

Preparação
Salpicar os camarões com algum sal e deixar repousar 15 minutos.
Grelhar de ambos os lados.

Molho:
Colocar todos os ingredientes numa picadora e reduzir a puré. Reserve uma colher de sobremesa deste molho.
Colocar este preparado dentro de um tachinho e levar ao lume, para aquecer durante 2 minutos.

Quando os camarões terminam de grelhar, pincelam- se com este molho e servem-se de imediato.

Numa tacinha coloque a maionese, o sumo de limão e a colher de sobrema do molho que reservou.
Mexa bem e leva à mesa para molhar os camarões depois de retirada a casca.

Espero que gostem! Ficam viciantes :)

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Hoje é o meu dia! Parabéns a mim!

Bom dia Mundo!!!!

Sou a perfeição imperfeita. Algumas rugas de expressão, umas estrias aqui e alí (marcas de amor, do engorda/emagrece e do tempo), celulite e peso a mais (marcas dos bolos, gelados e afins) 😁. O coração mais maduro, ponderado, atento, ousado e sem medo (marcas de alegrias e dores). Do alto dos meus 43 anos, que hoje completo, precisamente às 20h00, penso e sinto que sempre dei e dou o melhor de mim. Não devo conter arrependimentos. Devo perdoar e ser perdoada, porque ter paz de espírito não tem preço. Não há escolha (na maioria das vezes).

Há que improvisar a cada dia, no palco e cenário que me é dado. Tudo faz parte da vida (bom e menos bom). Tudo o que toco e em que me empenho tem de mim uma paixão imensurável. Uma entrega plena.

Sou muito grata pela Vida, pela minha Família e pelos meus Amigos. Gosto mais de dar do que de receber. Não preciso de muito. Continuo na incerteza do amanhã, do que mais a vida tem para mim, mas é essa a magia da Vida! Não, não sou perfeita. Sou sim, uma perfeita imperfeição e continuo a acreditar no Amor, na Bondade e nas Pessoas.

Parabéns a mim. Vida estou preparada para mais um ano - venha ele!

Obrigada minha Mãe tão querida por me teres trazido a este mundo num dia quente e longo que foi o 28 de Julho de 1973!

terça-feira, 26 de julho de 2016

Cheesecake de Oreo e Lima



Ingredientes
400ml natas
1 lata de leite condensado pequenas
2 pacotes de queijo para barrar Philadelfia
2 pacotes de bolachas Oreo
150g de margarina derretida
5 folhas de gelatina incolor
Sumo e raspa de 2 limas


Preparação
Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria para amolecerem.Triture as bolachas e misture-lhes a margarina derretida. Com esta base de bolachas Oreo, cubra o fundo de uma forma redonda e alta de fundo amomível e coloque-a no frio, enquanto prepara a restante receita. Bata as natas. À parte misture bem o queijo creme com o leite condensado. Esprema o sumo das duas limas e reserve a casca para ralar no final. Misture bem o preparado do leitre condensado e do queijo com as natas. Junte o sumo das limas. Esprema da água as folhas de gelatina e derreta-as em banho maria. De seguida junte-as também ao preparado anterior. Deite este preparado na forma e leve ao frio para solidificar. Decore com raspas de lima e algumas bolachas oreo.

Bom Apetite :)

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Carbonara de Camarão, Alho e Coentros



Ingredientes
300g de taglietelle fresco
500g de miolo de camarão
Sumo de um limão
Gengibre em pó
Papikra q.b.
Piri-piri (opcional)
6 dentes de alho picados
3 Colheres de sopa de coentros picados
50ml de azeite
Sal e pimenta q.b.
2 pacotes de natas
3 ovos
Queijo ralado (de preferência parmesão)

Preparação
Tempere o miolo de camarão com sal, pimenta, gengibre, papikra e o sumo de limão. Se gostar picante junte também piri-piri a gosto.
Coza o tagliatelle em água fervente som sal, respeitando o tempo de cozedura da embalagem. Escorra e reserve.
Aqueça o azeite numa frigideira.
Quando o azeite estiver bem quente adicione os camarões escorridos da marinada. Salteie e junte os alhos picados. Deixe cozinhar um pouco e acrescente os coentros.
Bata as natas e os ovos e ascrescente. deixe ferver 3 minutos. Prove e rectifique os temperos.
Junte a massa fresca cozida e envolva tudo muito bem.
Sirva polvilhado com o queijo ralado e coentros.

Bom apetite :)

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Sangria branca com espumante e vinho verde



Os dias quentes e longos pedem bebidas frescas e se lhe juntarmos fruta, tanto melhor.
Quem não aprecia uma bela sangria? Há para todos os gostos! Esta que vos trago é uma sangria branca com espumante e vinho verde.
Estas quantidades darão para 6 a 8 pessoas (tudo depende da quantidade ingerida)!

Ingredientes
2 Maçãs em pedaços
2 Pêssegos em pedaços
Sumo de 2 laranjas
200g de morangos em pedaços
3 colheres de sopa de açúcar amarelo
1 laranja em rodelas finas
1 limão em rodelas finas
4 Cálices ou mais de Martini Bianco ( a quantidade de álcool também varia, conforme gostar mais)
2 Garrafas de espumante bruto ou meio seco bem frescas (aqui só altera a quantidade de açúcar a colocar. Mais ou menos doce conforme o gosto de cada um)
1 Garrafa de vinho verde bem fresca
1 Garrafa de gasosa bem fresca
Pau de canela (opcional)
8 folhas de hortelã picadas
Gelo q.b.

Preparação
Num tacho grande coloco todas as frutas, a hortelã, o pau de canela, o sumo das laranjas, o açúcar e o martini (ou outra bebida) e deixo repousar 15 minutos. Tapo o tacho com a tampa.
Depois insiro as restantes bebidas. Mexo com uma colher de pau e provo. Nesta altura decide se quer por mais açúcar ou não.
Tapo novamente e na hora de servir coloco algumas pedras de gelo.

Cheers!!!!!


Pin It button on image hover